domingo, 18 de janeiro de 2009

Quem é(s)?


- Truz truz
- Quem é?

- Boa pergunta.


Afinal de contas, quem és tu?
Ah, prazer; eu sou a Maria Inês. Mas...Quem és tu? O resultado de uma noite de loucura ou o fruto de um mês de tratamentos de fertilidade? Um revolucionário? Um pacifista? Aquele-cujo-nome-não-deve-ser-pronunciado? Se não sabes responder, os meus parabéns. És o membro número 100.ooo.ooo.ooo.ooo do CDI (Clube dos Ignorantes). Não leves a mal, eu também pertenço (membro número 1).

Agora que já te deu para rir e descontrair um bocado, deixemo-nos de parvoeiras. Este assunto é demasiado profundo para admitir piadas. Todos passamos por uma fase em que nos questionamos quem somos e qual é o propósito da nossa existência. Eu passei-a hoje à tarde, das seis às seis e meia. Foi uma fase curta da minha vida. Curta, não muito intensa. Há quem passe anos nela...Eu simplesmente achei que não valia a pena. O que sou, quem sou, o que faço nesta esfera, é um mistério. Vai sempre ser. E sabem que mais? Quero lá saber.
Antes prefiro viver a minha vidinha na ignorância do que saber que sou um ninguém destinado a fazer nada, e cujo propósito no mundo é morrer. Não é o que somos todos? Talvez não. Lá está, ninguém sabe e é bom não saber.
O conselho do dia: Junta-te ao CDI e faz propaganda por aí. Quantos mais, melhor.

(Não me resposabilizo por quaisquer efeitos melancólicos que este texto possa provocar)

2 comentários:

Gui(lherme) disse...

Meia hora a pensar nisso é muito, dá dores de cabeça logo :P

Pandora disse...

Gostaria de registar x)