quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Ar e vento

Fazem agora, muito mais de dez minutos desde que ando neste escreve-apaga; cheira-me que isto, hoje, vai sair uma grande borrada.

Tinha falado, já, com a Carolina que hoje ia escrever sobre "O Tempo Parado", visto que mais de metade dos relógios daquela escola estão avariados, mas não tenho ideia nenhuma. Então vou falar exactamente sobre isso: cabeças cheias de ar e vento sem inspiração para escrever textos bonitos e/ou com piada!
Pensamos: Ah, hoje vou escrever! Escrever o quê? Sobre mim, ti ou sobre outro fulano qualquer? Sobre o calor ou o frio?
Mais, não bastava já tudo o tentamos arrumar dentro das nossas (pequenas) cabeças e ainda nos vêm os professores de filosofia pedir para escrever; o problemas não é escrever mas a pressão do tempo e do conteúdo. À filosofia podemos, bem, juntar o Português e a, melhor de todas, Fisica-Química! Mas será que cabe na cabeça de alguém fazer uma composição sobre o funcionamento do microfone e/ou altifalante?

(Foi a minha pequena revolta. Concordem para não me sentir tão fora do normal.)

6 comentários:

Gui(lherme) disse...

Vou vou fazer uma composição acerca das elevadas taxas de crescimento do PIB no Uganda e suas consequências.

P. disse...

Nos textes de Portugues em que sao pedidas composisões as minhas sao sempre as piores.
-.-'
Nao me sinto com tempo para o fazer.

Mintolita disse...

Eu concordo (só para não te sentires tão fora do normal)
*

Jo. disse...

E modulação de ondas? HMMMMM.


Concordo.

Jo. disse...

Amplitude não é com ruido?
Venha ela, então ;p


Tenho pancas com relógios avariados, por acaso. Não somos sem o Tempo, somos?

Venha a Filosofia, xô Física e Quimica! :D

é o bicho. disse...

eu cá tenho um trauma com a física e a química. vá se lá saber porque esquivo motivo tenho este meu pequeno grande trauma. -.-' também tenho uma pequena revolta vinda dos mesmos consilios que a tua.
não te sintas anormal.